Gravityscan Badge

Inseticidas orgânicos no combate a insetos e pragas

As pragas interferem na vida das pessoas há milhares de anos, preocupando a sociedade. Há registros na Bíblia de que insetos e fungos devastaram plantações inteiras. Na época o combate às pragas eram feitos com compostos inorgânicos e extratos vegetais eram utilizados. Muito tempo depois surgiram os Inseticidas Orgânicos.

Química e a natureza

O termo “química orgânica” foi utilizado pela primeira vez em 1777 pelo químico sueco Torben Olof Bergman. Ele é frequentemente considerado como o fundador da análise inorgânica quantitativa e um dos fundadores da mineralogia química. Neste período, a química orgânica se referia ao estudo de compostos retirados diretamente da natureza. Podemos citar os muitos corantes que eram utilizados no período, como aqueles extraídos de madeiras como o Pau Brasil ou de vegetais como a beterraba.

Química de laboratório

Durante a Segunda metade do século XVIII, os cientistas descobriram que os compostos orgânicos poderiam ser sintetizados em laboratório. Com a revolução Industrial o estudo sobre as Ciências químicas e sua aplicabilidade prática nas comunidades é intensificado. Novas práticas agrícolas foram introduzidas como a utilização de fertilizantes e Inseticidas sintéticos em larga escala na produção de alimentos.

Os seres vivos e o Meio ambiente

Os problemas com as pragas se agravaram já na metade do século XIX, surgindo os primeiros estudos científicos sistemáticos sobre o uso de compostos químicos, visando o controle de pragas agrícolas. A adaptabilidade natural das pragas aos inseticidas sintéticos.

Adaptação dos seres vivos

As empresas então, passam a aumentar a dose e potencialidade dos inseticidas. Começamos aí uma corrida entre a maior toxidade e a adaptabilidade natural dos seres vivos.

Consciência natural

Em vários países, alguns tipos de fertilizantes e inseticidas estão sendo proibidos, pela toxidade, pela degradação ao meio ambiente, pelas doenças causadas. No Brasil ainda carecemos de Legislações específicas. No mundo carecemos de consciência dos efeitos nocivos dos produtos sintéticos em nossas vidas.